Buscar
  • forumsolucoescovid

VEJA COMO FOI A SEGUNDA ETAPA DO FÓRUM SOLUÇÕES COVID-19 eSPORTS

Foi realizada esta sexta-feira, 23, a segunda de três etapas do Fórum Soluções Covid-19 eSports, evento organizado pela Prefeitura da cidade de São Paulo em parceria com a Federação Paulista de Esportes & Fitness.

Criado com o objetivo de promover o diálogo entre a indústria dos games, governo e terceiro setor para fomentar a modalidade e apresentar oportunidades de negócio, o fórum conta com elenco vasto de personalidades e profissionais altamente renomados para discutirem o futuro do segmento de jogos eletrônicos.


Painéis

Neste segundo dia de atividades, foram apresentados os seguintes painéis: “Leis de Incentivo e os eSports”, “Emendas Parlamentares e Recursos”, “O Terceiro Setor e Legitimidade”, “Patrocínios na Área dos eSports (Não Endêmicos)”, “Cases Internacionais de eSports”, “Mídia Digital x Mídia Televisiva – Onde os Esportes e os eSports se Encaixam” e “Covid-19 e o Impacto em Nossas Vidas Esportivas e eSportivas”.

Palestrantes

Participaram das mesas de debates ao longo do dia figuras de alto escalão como: o secretário executivo de Esportes do Estado de São Paulo, Marco Aurélio Pegolo dos Santos (Chuí), a coordenadora-geral da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, Michelle Vinecky, o diretor da Lei de Paulista de Incentivo ao Esporte, Antonio Lourenço Junior, o diretor de Marketing da LS Nogueira, Luan Flavio Nogueira, o presidente da ABSMEL, Humberto Panzetti, o coordenador do projeto de pesquisa Inteligência Esportiva, Fernando Mezzadri, o presidente da Federação do Desporto Escola do Estado de São Paulo, Alexandre Traverzim, o superintendente da Federação Universitária Paulista de Esportes, Kallel Brandão, o diretor executivo do Vivo Keyd, Tiago Xisto, o vice-presidente comercial da paiNGaming, Allan Fernandes, o gerente de Prospecção de Negócios da InvestE São Paulo, Renato Barros, o gerente de Vendas e Varejo Internacional da Messe Munche, Christoph Rapp, o diretor operacional da Arcadia Group, Philip “Doom” Kerber, líder da área de inovação da Sport1 GmbH, Marcus Meyer, a coordenadora da Diretoria de Esportes da Comissão de Direito para Startups da OAB/MG, Eduarda Perdigão, o consultor de marketing Rayar Cunha, o gerente de eSports da Nimo TV, Luis Soares, o CEO e fundador do Grupo TTB, Felipe Carvalho, o CEO do WGP Kickboxing, Paulinho Zorello, o treinador e empresário Fabiano Boxer, o jogador de League of Legends Danniel “Evrot” Franco, o narrador da Beyond The Summit Brasil, Erasmo Bacco e o sócio do Grupo Arcadia, Moacyr Alves.


O melhor da segunda etapa


Painel 3

“Na capital de São Paulo, grande parte das escolas da periferia não tem tecnologia suficiente para inserir os eSports. Como a gente vai tratar isso se nem estrutura tem? A realidade é que existem hoje outras prioridades à frente da inclusão dos jogos eletrônicos como modalidade nas escolas, mas não


podemos desistir de inserir os games na educação.” (Alexandre Traverzim)

“O patrocínio é, de certa forma, uma demanda finita, então os eSports vão brigar por uma parcela já escassa de recursos direcionados ao esporte no que diz respeito a verbas incentivadas.” (Kallel Brandão)

Painel 4

“A profissionalização do mercado é um dos pontos cruciais. Cabe às organizações trazer profissionais especializados em diversas áreas (comunicação, mídia, comercial, eventos) para utilizar nossos talentos como porta-vozes dessas marcas. Isso faz com que todo esse ecossistema se expanda, tendo cuidado com a linguagem, valorizando nossos atletas e aproximando nosso público do eSport.” (Tiago Xisto)

“Os eSports são uma grande oportunidade para as marcas apoiarem, pois os valores de patrocínio ainda são baixos se pensarmos no potencial a ser explorado e o tamanho desse mercado. Então quem entrar hoje pode fazer grandes negócios, porque futuramente essa curva tende a crescer.”(Allan Fernades)



Painel 5

“Katovice é uma cidade super pequena da Polônia, conhecida por ser uma região mineradora em bem pobre. Desde 2015 passou-se a realizar eventos de eSports por lá e o resultado foi o seguinte: 9 milhões de interações num só evento em 2018, 13 mil menções sobre a cidade na redes sociais, a cidade é conhecida hoje como um polo dos games, multiplicou o número de visitantes e aumentou o gasto médio por pessoa ao dia. Logo, promover esportes e eSports na região trouxe muitos benefícios.”(Philip “Doom” Kerber)

Painel 6

“Hoje o número de games para celular é maior do que outras plataformas, como o computador, e as mulheres representam o maior número de jogadores.” (Luis Soares)

Painel 7

“O mercado de automobilismo virtual cresceu muito nos últimos anos e a pandemia potencializou ainda mais a capacidade desse mercado. Pela falta de eventos presenciais, a grande maioria das categorias buscou nos eventos virtuais uma saída, engajando inclusive os pilotos reais a participarem dessas corridas. O ano de 2020 foi muito infeliz para a humanidade, porém no seguimento de automobilismo virtual significou um ressurgimento.” (Erasmo Bacco)

O Fórum

O Fórum Soluções Covid-19 – eSports é uma realização da Prefeitura Municipal de São Paulo e Federação Paulista de Esportes & Fitness (FPEFIT), com apoio do Cref-4/SP, ABSMEL, Nimo Brasil, Arcadia e Sindiclube.

Site oficial: www.forumsolucoescovid19esports.com

Acesse nossos Canais: https://linktr.ee/forumsolucoescovid19esports

Telegram: http://t.me/forumc19esports

Facebook:

https://www.facebook.com/F%C3%B3rum-Solu%C3%A7%C3%B5es-Covid-19-Esports-101223331722818/

Instagram: https://www.instagram.com/forumsolucoescovid19esports/

Twitter: https://twitter.com/forum_esports

#forumsolucoescovid19esports @forum_esports #forumesports @forumsolucoescovid19esports @gamers #gamers @esporteseletronicos #esporteseletronicos @fpefit #fpefit @crefsp #crefsp @Sindiclubesaopaulo @sindiclube #sindiclube @nimotv_brasil #nimotv #nimotvbrasil #absmel


5 visualizações0 comentário
  • facebook
  • instagram
  • Twitter
  • telegram

@2020 BY FÓRUM SOLUÇÕES COVID-19 – eSports